O Mundo Pet Animal

O Mundo Pet Animal

Otite em gatos

Otite em gatos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Descubra o que é, as causas e como tratar a Otite em gatos

Otite é o nome de processos inflamatórios do ouvido.

Infecções no canal externo do ouvido, ou também chamado infecções do ouvido externo, são mais comuns em cães do que nos gatos. Denomina-se Otite Externa.

A raça Persa é mais sensível a infecções deste tipo, do que as outras raças.

Quais os sintomas desta infecção?

O ouvido normal do gato não apresenta odor, e a quantidade de cerúmen é bem pouca ou ausente. Os sinais de alteração, normalmente, são: coçar ou esfregar o ouvido no chão, balançar a cabeça ou pendê-la para um dos lados, manifestação de dor quando tentamos acariciar o animal perto da orelha, cheiro ruim nos ouvidos e cera em excesso.

OBS: Otites mais profundas, internas, podem afetar o equilíbrio do animal e o sinal mais evidente é o andar com a cabeça inclinada para o lado do ouvido afetado.

Causas da Otite

O seu desenvolvimento pode ocorrer por diversas causas e somente um médico veterinário está apto a fechar um diagnóstico.

Causas mais comuns da otite são:

Infecciosa: causada por bactérias e, geralmente, acompanhada de pus. Às vezes, torna-se difícil de ser tratada e necessita de exames complementares, como coleta da secreção para análise e determinação do tipo de microrganismo e antibiótico que deve ser usado. Esses tipos de otite, quando "mal curadas", levam o animal a desenvolver um quadro crônico e cada vez mais difícil de resolver.

Parasitária: causada por ácaros. É muito comum encontrarmos excesso de cera de cor marrom muito escura, e o gato coça muito as orelhas. O ácaro que acomete o conduto auditivo não é o mesmo que causa a sarna de pele. Ele é transmitido entre cães e gatos, mas não para o homem.

Fungos: é similar à otite bacteriana, mas o tipo de agente é outro. Apenas o exame da secreção do ouvido poderá diferenciar o microrganismo causador.

Umidade: a entrada de água no conduto auditivo durante o banho é uma frequente causa de otite. Algodão deve ser colocado, para que os ouvidos fiquem protegidos.

Tratamento para Otite

O tratamento da otite dependerá da causa.

Evitar fatores como umidade e o gotejamento de medicamentos no conduto, sem necessidade, irão diminuir a incidência da otite.

Cuidado na hora de pingar o medicamento no ouvido do animal, os remédios devem ser aplicados com a cabeça do gato deitada e segura firmemente por alguns instantes após a instilação das gotas. A maioria dos animais chacoalha a cabeça logo após a aplicação, o que elimina grande parte do medicamento.

Antes de tentar matar os ácaros,limpeos ouvidos do gato. Um ouvido muito infestado apresentará um acúmulo de excreção produzida pelos ácaros. Essa sujeira pode bloquear o canal do ouvido e impedir que o tratamento mate os parasitas. Os ouvidos do gato podem ser limpos com um limpador comercial, geralmente vendido em pet shops, ou com azeite ou óleos vegetais.

Utilizando um conta-gotas ou uma seringa de bulbo, irrigue o canal do ouvido com o óleo ou o limpador. Segure o gato com firmeza, pois ele vai tentar sacudir a cabeça quando você pingar o líquido no ouvido dele. Massageie o ouvido para que entre no canal e limpe-o com uma bola de algodão. Não use cotonetes de algodão pois eles podem empurrar a sujeira para dentro do canal. Repita até que o ouvido esteja limpo. Esse processo ajuda, mas os ácaros não serão mortos somente com isso.

Existem dois tratamentos caseiros para acabar com os ácaros. O primeiro é feito misturando uma colher de sopa de água com nove gotas de extrato de raiz de rumex. Um conta-gotas a cada três dias durante seis semanas matará os ácaros. Um outro remédio é composto por 44 ml de extrato de amêndoas e 400 UI de vitamina E. Use meio conta-gotas todos os dias durante seis dias. Espere três dias e repita o processo. Trate todos os animais (inclusive os cães) de sua casa, mesmo os que não apresentarem sintomas, pois os ácaros do ouvido são extremamente contagiosos e se espalham facilmente de um animal para outro.

A escolha do tratamento vai depender do exame clínico que o veterinário irá realizar.

O tratamento deve sempre ser recomendado pelo médico-veterinário, que é o profissional capacitado a fazer o diagnóstico correto e acima de tudo identificar a possível causa da doença.

Remédios caseiros não devem ser usados.

 

 

Gostou de nosso artigo ?
 
Deixe seu comentário e sua avaliação a baixo.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Otite em gatos

Enviando Comentário Fechar :/