O Mundo Pet Animal

O Mundo Pet Animal

Os riscos de uma alimentação incorreta para o seu pet

Os riscos de uma alimentação incorreta para o seu pet
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Alimentos que podem acabar prejudicando a saúde de seu pet.

A preocupação de alimentar os animais sempre bem e satisfazê-los sem o devido cuidado em observar quais e os mais saudáveis alimentos, podem acabar prejudicando sua saúde e deixando gravíssimas sequelas.

É verdade que muitos donos se preocupam em deixa-los sempre satisfeitos, mas o excesso de alimentos ou algumas guloseimas que para nós seres humanos são um atrativo e tanto para os animais podem ser fatais. A digestão de cães e gatos é diferente dos seres humanos, sendo assim alguns alimentos podem acarretar indigestão, intoxicação ou outros problemas de saúde mais graves.

Pensando nesses problemas de saúde que uma alimentação incorreta para cães e gatos podem levar a acontecer, iremos listar algumas comidas que não podem ser consumidas por cães e gatos e suas respectivas causas de não serem servidas.

Para os cães e gatos:

 

  • Laticínios: os cachorros e felinos não podem ingerir leite de vacas e seus derivados, pois eles são intolerantes á lactose o que causam vômitos, dores abdominais e diarreias.
  • Chocolate: uma das guloseimas mais apreciadas pelos seres humanos é extremamente toxico para os animais, pois o chocolate contém teobromina um derivado do cacau o que causa intoxicação, levando o aceleramento do coração e o sistema nervosos, o que pode levar a tremores, batimentos irregulares, convulsões e até a morte.
  • Café e chá: contem alcaloides neurotóxicos, as bebidas que contem cafeína podem levar a intoxicação, o que causam agitação, tremores, convulsões, respiração ofegante e palpitações cardíacas esses sintomas na sua maioria são irreversíveis para o animal.
  • Uvas frescas e uvas passasas uvas, sejam frescas ou secas, são especialmente venenosas para os animais, podendo causar danos irreversíveis aos rins, causando as reações como: letargia, vómitos, sede anormal, quantidades excessivas de urina.
  • Tomates e batatas: O tomate verde contém solanina- um glicoalcalóides que são tóxicos para o cão, e a batata, principalmente a inglesa, é rica em solanina, que pode causar depressão no sistema nervoso central e distúrbios gastrointestinais.
  • Abacate: contém o ácido persin que pode provocar vômito e diarreia no cão, também os gatos não devem, em circunstância alguma, ingerir abacate, uma vez que a existência da toxina “persin” nesta fruta, afeta negativamente o sistema digestivo e o músculo cardíaco dos gatos. Os efeitos secundários comuns passam por letargia, dificuldades respiratórias, diarreia e vómitos.
  • Cebolas e alhos: ambos possuem uma substância chamada dissulfeto de n-propil que gera intoxicação grave, pois altera a hemoglobina, alimentos extremamente potentes quando em contato com o organismo de cães e gatos, as cebolas e os alhos danificam de tal forma as células vermelhas que provocam anemia provocando a destruição de glóbulos vermelhos, além de poder levar à icterícia e perda de sangue pela urina. Caso o quadro não seja tratado rápido, o animal pode falecer.
  • Bebidas alcoólicas: a ingestão de álcool por parte de qualquer animal pode ser muito grave, uma vez que estas bebidas atacam, de forma perigosa, o sistema nervoso dos animais. Os efeitos secundários são vários: vómitos, diarreia, falta de coordenação, letargia, tremores, problemas respiratórios, convulsões e até estados de coma ou a morte se a quantidade ingerida for muito elevada.
  • Massa crua de pão ou bolo: O fermento presente nas massas resulta em gases no trato digestivo do animal, quando ingerida crua a fermentação ocorre no estômago, causando dores abdominais, inchaço, letargia, desorientação, convulsões e até estados de coma ou a rutura do estômago/intestinos.
  • Xilitol: este adoçante artificial está presente numa enorme variedade de guloseimas, pastilha elástica e alguns alimentos dietéticos. Se for consumido por cães e gatos, pode causar um aumento na circulação de insulina o que, por sua vez, irá baixar os níveis de açúcar no sangue, levando à insuficiência hepática. Os primeiros sintomas de alerta podem incluir: vómitos, letargia e falta de coordenação motora.

Portanto esses são alguns dos alimentos mais lesivos a saúde do seu pet, antes de alimentar seu animal de estimação com alguma comida diferente do cardápio dele procure sempre se informar com o veterinário do seu animal, pois alguns danos podem ser irreversíveis a saúde do seu animal.

 

Gostou de nosso artigo ?
Deixe seu comentário e sua avaliação a baixo.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para Os riscos de uma alimentação incorreta para o seu pet

Enviando Comentário Fechar :/